Perfil - Tasso Jereissati

Perfil

Nascido em 15 de dezembro de 1948, em Fortaleza, Tasso Ribeiro Jereissati é formado em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas do RJ. Líder empresarial, no final da década de 70 integrou um grupo de jovens empresários preocupados com a crise institucional que ameaçava alongar o período autoritário. Presidiu o Centro Industrial do Ceará – CIC, transformado na época em fórum de debates das questões econômicas, sociais e políticas da região e do país.

Governou o estado do Ceará em três gestões: 1987-1990, 1995-1998 e 1999-2002. São marcas de suas gestões a melhoria dos indicadores de qualidade de vida, como redução na mortalidade infantil, queda na taxa de analfabetismo, aumento na expectativa média de vida e disseminação de serviços básicos. Prova disso é que a ONU divulgou pesquisa reconhecendo que o Ceará foi o Estado brasileiro que registrou o maior crescimento do Índice de Desenvolvimento Humano - IDH - no período de 1995 a 2002.

Ao longo de suas gestões, são marcas obras de enorme impacto, como o açude Castanhão, o Complexo Portuário do Pecém, o novo aeroporto internacional Pinto Martins, o Centro Cultural Dragão do Mar, a modernização do estádio Castelão, a integração das bacias hidrográficas, a construção e recuperação de centenas de quilômetros em rodovias, o início das obras do Metrofor, a ligação à rede de esgoto de milhares de lares com os projetos SANEAR, Duplicação dos acessos rodoviários às cidades de Caucaia, Eusébio e Maracanaú, dentre outras. No campo social, além da redução dos níveis de mortalidade infantil, destacou-se a presença 97% das crianças dos 7 aos 14 anos dentro da escola, ao final de sua terceira gestão.

Em 2002, foi eleito para seu primeiro mandato parlamentar como Senador pelo Estado do Ceará, no período de 2003 à 2011. Em 2014, foi novamente eleito e, atualmente, ocupa o 2° mandato como Senador da República.

Em 2017, foi eleito Presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), e passou a integrar, como titular, o Grupo Parlamentar Brasil - Argentina, e como suplente, as Comissões de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR), Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas (CMMC) e de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE).

Clique aqui para visualizar o perfil ampliado

Nascido em 15 de dezembro de 1948, em Fortaleza, Tasso Ribeiro Jereissati é formado em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas do RJ. Líder empresarial, no final da década de 70 integrou um grupo de jovens empresários preocupados com a crise institucional que ameaçava alongar o período autoritário. Presidiu o Centro Industrial do Ceará – CIC, transformado na época em fórum de debates das questões econômicas, sociais e políticas da região e do país.

Governou o estado do Ceará em três gestões: 1987-1990, 1995-1998 e 1999-2002. São marcas de suas gestões a melhoria dos indicadores de qualidade de vida, como redução na mortalidade infantil, queda na taxa de analfabetismo, aumento na expectativa média de vida e disseminação de serviços básicos. Prova disso é que a ONU divulgou pesquisa reconhecendo que o Ceará foi o Estado brasileiro que registrou o maior crescimento do Índice de Desenvolvimento Humano - IDH - no período de 1995 a 2002.

Ao longo de suas gestões, são marcas obras de enorme impacto, como o açude Castanhão, o Complexo Portuário do Pecém, o novo aeroporto internacional Pinto Martins, o Centro Cultural Dragão do Mar, a modernização do estádio Castelão, a integração das bacias hidrográficas, a construção e recuperação de centenas de quilômetros em rodovias, o início das obras do Metrofor, a ligação à rede de esgoto de milhares de lares com os projetos SANEAR, Duplicação dos acessos rodoviários às cidades de Caucaia, Eusébio e Maracanaú, dentre outras. No campo social, além da redução dos níveis de mortalidade infantil, destacou-se a presença 97% das crianças dos 7 aos 14 anos dentro da escola, ao final de sua terceira gestão.

Em 2002, foi eleito para seu primeiro mandato parlamentar como Senador pelo Estado do Ceará, no período de 2003 à 2011. Em 2014, foi novamente eleito e, atualmente, ocupa o 2° mandato como Senador da República.

Em 2017, foi eleito Presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), e passou a integrar, como titular, o Grupo Parlamentar Brasil - Argentina, e como suplente, as Comissões de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR), Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas (CMMC) e de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE).

Clique aqui para visualizar o perfil ampliado

Trajetória política: